100% Natural

100% Pura
100% Saudável
header_right

Diferentes tipos de água

Tanto do ponto de vista conceptual, como do ponto de vista legal, existem três tipos de águas potáveis que, se diferenciam pelas suas propriedades naturais ou pelo tratamento que recebem nas oficinas de engarrafamento.

Estas categorias de águas são:

1. as águas minerais naturais;

2. as águas de nascente;

3. as demais águas destinadas ao consumo humano.

Em Portugal, a indústria de engarrafamento apenas extrai, acondiciona e comercializa águas minerais naturais e águas de nascente.

As águas engarrafadas diferentes das águas minerais naturais ou de nascente têm sobretudo relação com a cultura anglo-saxónica. Só ocasionalmente aparecem no mercado português. Esta distinção é fácil de perceber lendo o rótulo das embalagens.

As águas minerais naturais são de origem subterrânea, bacteriologicamente sã e de composição química estável. Diferenciam-se por poderem ser ricas em certos sais minerais e oligoelementos e pela sua pureza original estável, uma vez que provêm de aquíferos preservados pelo estabelecimento legal de perímetros de protecção.

As águas de nascente são, também, águas de origem subterrânea, cujas características naturais e de pureza estão adequadas ao consumo humano.

A preservação das propriedades naturais e é, para ambos os tipos de água, obrigatória, pelo que se proíbem todos os tipos de tratamentos químicos ou de desinfecção. Em certas circunstâncias, permite-se a remoção de certos elementos indesejáveis eventualmente presentes, mas tal só pode ocorrer em condições legal e cientificamente restritas.

As demais águas destinadas ao consumo humano são as que foram submetidas aos tratamentos físico-químicos necessários para as tornar potáveis. Podem ser de procedência subterrânea como superficial.

Com efeito, nem todas as águas têm características garantidamente naturais e saudáveis para a ingestão humana. Apenas as águas minerais naturais e as águas de nascente mantêm a pureza natural, contribuindo, desta forma, para manter o equilíbrio do nosso corpo.

No mercado das águas naturais encontramos diferentes classes de água: a água mineral natural e a água de nascente (sem gás), a água mineral natural gasosa ou gasocarbónica (com gás natural), a água mineral natural reforçada com gás carbónico natural (quando o gás é proveniente do mesmo aquífero, mas em quantidade superior à que tem no momento da captação), bem como a água mineral natural e a água de nascente gaseificadas (com adição de gás carbónico cuja origem não é o aquífero).

 As águas minerais naturais e as águas de nascente são as únicas águas totalmente naturais, cujo tratamento é manifestamente proibido, e que chegam ao consumidor sem químicos ou aditivos.

Tanto as águas minerais naturais quanto as águas de nascente podem ser comercializadas com ou sem gás. Se forem submetidas a processos de gaseificação, estes terão de ser indicados no rótulo

As diferenças entre as águas minerais naturais e as águas de nascente, por um lado, e as restantes águas destinadas ao consumo humano, por outro lado, foram sintetizadas no quadro abaixo.

Tabela: Diferenças entre águas minerais naturais, águas de nascente e outras águas destinadas ao consumo humano.



ÁGUA VEM EMBALAGEM VAI
© APIAM. Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Netmais