Origem Protegida
Preservar
Natureza
header_right

Embalagens e resíduos de embalagens

As águas minerais naturais e águas de nascente engarrafadas são produtos alimentares 100% naturais e como tal, as embalagens são fundamentais para garantir a pureza e qualidade da água natural, a mobilidade e a conveniência de utilização bem como para transmitir informação sobre a origem geográfica e a composição química do produto que estamos a consumir.

Para garantir que a água chega 100% natural e 100% segura ao consumidor e para permitir a integridade da água natural, a segurança alimentar, a funcionalidade e a conveniência, bem como para transmitir informação sobre o produto, a indústria utiliza embalagens de plástico (PET) e de vidro, adequadas ao contacto com os géneros alimentícios.


REDUÇÃO

A indústria do sector está fortemente empenhada na prevenção por redução do peso da embalagem na origem. Reduzir o peso das embalagens, preservando a qualidade e especificidades das águas minerais naturais e das águas de nascente e a conveniência do utilizador, é um desafio constante da indústria.

Em média, o peso de uma garrafa de PET de 1,5 litros, em 1996, era superior a 50 gramas. Actualmente, o peso de idêntica embalagem aproxima-se dos 30 gramas, tendo ocorrido significativa redução do peso da embalagem na origem, o que se traduz em relevantes vantagens ambientais, designadamente em termos da sua produção e transporte.


RECICLAGEM

Tanto o PET como o vidro são totalmente recicláveis, razão que levou a nossa indústria a assumir plena responsabilidade pelo destino dos resíduos das embalagens que usa (cerca de 0,03 por cento do total dos resíduos produzidos em Portugal) e a aceitar gerir e financiar o sistema de recolha e reciclagem de resíduos de embalagens.

Há cerca de vinte anos, apenas as embalagens em vidro ofereciam perspectivas de reciclagem adequadas à sua sustentabilidade ambiental. Actualmente, com o desenvolvimento de um novo polímero de plástico - o PET (Politereftalato de Etileno) - a indústria do sector dispõe de um material plástico 100% reciclável;

Para tanto, o sector surgiu, desde cedo, entre os sectores fundadores da Sociedade Ponto Verde, criada em 1996 pelo sector produtivo e totalmente financiada por ele.

Com a Sociedade Ponto Verde, a indústria deste sector assume total responsabilidade pelo destino dos resíduos das embalagens que introduz no mercado e aceita gerir um sistema de recolha e reciclagem de resíduos de embalagem.

Quinze anos depois, a Sociedade Ponto Verde constitui um inegável êxito, assegurando que o País cumpre os objectivos e as metas que foram comunitariamente estabelecidas.

Para permitir a integridade da água natural, a segurança alimentar, a funcionalidade e a conveniência, bem como para transmitir informação sobre o produto, a indústria utiliza embalagens de plástico (PET) e de vidro, adequadas ao contacto com os géneros alimentícios.


Mais Informação

Saiba mais sobre a retoma de resíduos de embalagens
ÁGUA VEM EMBALAGEM VAI
© APIAM. Todos os direitos reservados.Desenvolvido por Netmais